drink-the-lake-w

Perguntamos ao Yokota que problemas ele via no fato de muitas pessoas terem uma idéia errada do que é meditação, meditando de uma maneira light, superficial.

Ele respondeu que não há problema em pensar que meditação e uma coisa light, porque querer meditar de forma perfeita seria como tentar beber toda a água de um lago. Ao invés disso, basta beber o suficiente para saciar a sua sede, e estará tudo bem. No Zen também há muitos sutras, e os ensinamentos são muito abrangentes. Yokota disse que ele não se considera alguém que domina 100% os ensinamentos do Zen.

 Achei isso muito interessante, porque no Japão há uma tendência muito forte ao perfeccionismo de maneira geral. Aqui é um ótimo lugar para se concentrar em algo, e esse é um dos motivos porque eu gosto de trabalhar aqui. Porém quando o perfeccionismo é demais, só produz stress e críticas negativas.

 Para mim como filósofo amador, sou fã do Sócrates porque ele disse que só sabia que não sabia de nada, e isso o tornava o mais sábio dos homens. Quem acha que sabe tudo perde a oportunidade de crescer, como o especialista em chás, que não aceita ensinamentos de ninguém, porque acredita que sabe tudo sobre chás.

 Começo esse blog também nesse espírito, porque de blog eu não sei nada mesmo!

Mineiro de Belo Horizonte. Aos 14 anos fica sensibilizado com o mangá e decide se tornar mangaká. Estuda japonês e quadrinhos intensamente e faz mestrado na Tokyo Zokei University. Após se formar começa a trabalhar numa empresa japonesa de TI, e continua a desenhar mangás. Atualmente produz a série “My Zen Diary” na revista President Next entre outras, como um mangaká apaixonado pelo Zen.

É ruim meditar de uma maneira light?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X

Pin It on Pinterest

X